07/2

Só pra tirar um pouco das teias que quase 3 semanas sem postagens fizeram no blog, escrevo aqui sobre o regresso às atividades acadêmicas. Com 2 dentes a menos, uns quilos a mais e disposição de menos rolamos a bola para a segunda fase de Engenharia Elétrica da UFRGS com 4 cadeiras que garantem a total destruição de atividades extra-curriculares durante a semana. Plagiando colegas blogueiros, faço aqui uma previsão do que me espera nas disciplinas.

  • Química Fundamental A – Revisão dos conceitos básicos do ensino médio de Química. Talvez o que valha mesmo a pena seja o laboratório, algumas novidades. No mais, não deve feder nem cheirar.
  • Mecânica – Graças à uma compactação de duas disciplinas em uma que ocorreu com essa disciplina na UFRGS, acabei jogando minhas sofridas madrugadas em Estática (equivalente de 3/4 da matéria de Mecânica) fora. Maldita burocracia. Mas lá vamos nós de novo. Torque = F x d.
  • Técnicas Digitais – É a grande esperança do semestre. Primeira cadeira de engenharia elétrica, recheada de 0s e 1s, portas lógicas e outras doideiras que só quem é nerd o bastante para enfrentar pode agüentar. A expectativa é diversão de sobra fazendo relógios digitais e outros badulaques. E muito, mas muito trabalho.
  • Física II-C. A grande vilã do ócio. Lecionada por DJ Fausto, serão muitos exercícios díficeis e muitas horas de estudo para conseguir passar nessa cadeira. Nada que uma folga de 3 horas entre o almoço e a aula não dê conta.

22 créditos. Pra quem pode.

Anúncios

3 Respostas para “07/2

  1. Marcelo Figueiredo Duarte

    Cara, eu não identifiquei exatamente quando que o DJ Fausto estava atuando. Mas não tocou música ruim naquela festa. Apesar de eu ficar na pista do rock and roll praticamente o tempo inteiro, acho que esse professor até dá um bom DJ, se nada mais!

  2. Achei que DJ Fausto era brincadeira.
    Mas com 22 créditos só nem dá pra reclamar! Bem, às vezes o extra-curricular é mais penoso do que ter mais horas de aula.

  3. Aproveita a cadeira de Técnicas Digitais e inventa um sensor digital para se colocar na privada e mostrar, digitalmente, a quantidade de bosta que sai por dia de nosso corpo. Conflitando com a quantidade de comida que ingerimos dá pra se ter uma idéia de controle de peso. Sempre quis inventar uma coisa dessas mas meus conhecimentos são limitados nessa área.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s