Nothing’s gonna change my world.

Enfim 2008. Sim, eu demorei um pouco para dar as boas vindas ao ano neste blog, 3 meses mais ou menos. Na verdade, não estou com nenhuma pressa em 2008. Faço 20 anos, evento que provavelmente desencadeará uma crise existencial no estilo “o que foi que eu fiz da minha vida?”. Para me preparar para isso, ontem vi o filme The Bucket List, Antes de Partir para os íntimos. Jack Nicholson e Morgan Freeman fazendo papéis de doentes terminais (assintomáticos) que resolvem aproveitar os últimos 6 meses de vida (1 ano se tiverem sorte). O filme pode parecer bobinho, mas eu sempre considerei esse tipo de filme uma boa maneira de desencadear pensamentos.

Quanta coisa acontece em 20 anos! E quanta coisa deixou de acontecer. Nesses anos firmei uma personalidade típica de pessoa instropectiva (ou envergonhada, escolham a palavra). Tentei mudar, não deu, há que se acostumar. Não mudamos do nada. Não acordamos um dia e dizemos: “quero mudar” e voila, mudamos. A coisa está longe de funcionar assim e é uma das coisas que ainda estou aprendendo.

20 anos! Na verdade, a cada ano que passa, me sinto mais criança. Talvez porque eu seja baixo e todos sejam altos. Talvez minha mente esteja regredindo. Talvez eu esteja percebendo que eu nunca fui tão maduro quanto pensei que fosse.

Lorenzo 2008. 20 anos, com cara de 17 e mente de 16.

4 Respostas para “Nothing’s gonna change my world.

  1. Lorenzo 2008, o vereador que Porto Alegre precisa.

  2. Sim, todos vamos passar por essa crise existencial, felizmente, ainda temos muito tempo para fazer muita coisa, boas ou não.

  3. É da natureza humana achar sempre insuficiente nossas experiências, por mais que nossas vidas sejam repletas destas (acredite isso acontece com todo mundo)… Mas no fundo se analisares, encontrarás inúmeras e memoráveis situações que realmente fazem tudo valer a pena… Se conseguíssemos vivenciar tudo até os 20 anos, de que valeria as próximas décadas? A mesmice de sempre? Coisas novas SEMPRE irão acontecer e certamente estão por vir… Tudo ao seu tempo, a vida não acaba aos 20 anos rapá, pelo contrário!!! Por mais demorado que seja. Fica uma frase de House, MD:
    (Paciente) – O tempo muda tudo…
    (House) – É o que as pessoas dizem, não é verdade. O tempo não muda nada! Fazer as coisas é o que muda algo. Não fazer nada, deixa as coisas do mesmo jeito que eram.

  4. Bah eu penso exatamente o mesmo quanto ao meu caso. Ainda me acho criança. Não consigo entender aquelas pessoas esforçadas e dedicadas da faculdade que parecem amar estagiar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s