CPMF Round 2. FIGHT!

Em 20 de Setembro a CMPF foi revogada, porém 9 meses depois, a nova tentativa chega à tona: CSS (Contribuição Social para Saúde). O primeiro passo foi dado: aprovação na Câmara dos Deputados. Confiram comigo a votação da bancada gaúcha. Olho no lance!

DEM (Oposição): Onyx e Bonow votaram contra. Ok.
PCdoB (Situação): De novo a favor ein Manuela. E aí beleza?
PDT: Até houve algumas divergências, porém Pompeo de Mattos e Vieira da Cunha foram com a massa e votaram a favor.
PMDB (Situação): Cordeirinhos do PT, Cesar Schirmer, Darcísio Perondi, Eliseu Padilha, Ibsen Pinheiro, Mendes Ribeiro Filho votaram a favor.
PP: José Otávio Germano e Vilson Covatti seguiram a maioria do partido, enquanto Renato Molling, Afonso Hamm e Luís Carlos Heinze (ao contrário do seu voto passado) tiveram um pouco de personalidade e votaram contra.
PPS (Oposição): Nelson Proença disse não, não, não.
PSB (Situação): Beto Albuquerque deputado fe-de-ral! Quem votou nele nas eleições disse sim a CPMF.
PSDB (Oposição): Não dá nem graça dizer, mas Claudio Diaz, Prof. Ruy Pauletti e todo o resto votaram não.
PSOL (Oposição): Alguém adivinha o voto da Luciana Genro?
PT (Governo): Adão Preto, Henrique Fontana, Marco Maia, Maria do Rosário, Paulo Pimenta, Pepe Vargas, Tarcísio Zimmermann disseram o quê? O quê? SIM!
PTB (Situação): Luís Carlos Busato, Paulo Roberto e Sérgio Moraes não figuraram entre os 2 que votaram contra.

E agora? Resta ver se a saúde realmente vai melhorar e se o dinheiro não vai acabar caindo na cueca dos mesmos que votaram a favor. De fato, a (re)criação desse imposto é muito polêmica, pois as promessas são muitas e as atitudes são poucas.

Fonte: Folha Online

Anúncios

3 Respostas para “CPMF Round 2. FIGHT!

  1. Bem, eu votei para o Ibsen. Enviei meu e-mail para ele antes da votação. Suponho que este seja um dos casos onde o conjunto da obra é melhor do que uma só decisão.

  2. Eu votei no Vieira da Cunha e enviei um email REPUDIANDO essa agressão contra o povo gaúcho. Se eu vê ele na rua hoje, dô 3 socos no rim dele e chuto os beiço até sangrar. E tenho dito.

  3. Bah, talvez seja um sonho meu, mas pagaria com o maior prazer tal imposto se ele realmente fosse para onde deveria. Aliás, pagaria até mais. Sou daquela idéia de que se cada porto alegrense der um real, muita coisa pode ser feita pela cidade. Esses impostos seguem um raciocínio parecido, mas sempre vão pro lugar errado. Droga mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s